Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Estante

A Estante

Dog Mendonça e Pizzaboy (2023)

14
Jun23

Design sem nome (13).pngJá tinha comprado e lido os quatros volumes com as aventuras de Dog Mendonça, investigador do oculto sedeado em Lisboa e do seu ajudante, Pizzaboy, Eurico, antigo entregador de pizzas. A Tinta da China lançou em 2010, “As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy”, com prefácio de John Landis; as “As Extraordinárias Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy - Apocalipse”, em 2011, com prefácio de George A. Romero; “As Fantásticas Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy - Requiem”, em 2013, com prefácio de Tobe Hooper e “Os Contos Inéditos de Dog Mendonça e Pizzaboy”, em 2016, com prefácio de Lloyd Kaufman. Agora, não resisti a um novo volume, editado pela Companhia das Letras, nova casa do argumentista Filipe Melo, do desenhador Juan Cavia e do responsável pela cor, Santiago Villa.

“As Aventuras Completas de Dog Mendonça e Pizzaboy” era um sonho dos seus criadores que acaba de ver a luz do dia, tendo sido apresentado a 4 de junho na Feira do Livro de Lisboa. Com capa dura, junta os quatro livros originais e junta-lhe uma novíssima história, a de Madame Chen, relativamente secundária na trama, mas que acrescenta muito ao volume. Acompanhamos a sua vida desde uma China que já não existe até à sua chegada a Lisboa onde se torna num oráculo. O traço de Cavia, mais maduro desde as primeiras aventuras e o texto de Melo, também mais desenvolvido desde 2010, fazem da história extra, motivo suficiente para se apostar no volume, mesmo que o preço seja alto, mesmo que compatível com 2023 e cima a qualidade da edição.

Melo e Cavia, responsáveis, entretanto por obras primas como Balada para Sophie ou Os Vampiros, são mais do que mostram nestas aventuras, mas foi aqui que começou a sua união e mesmo sendo notória a evolução artística de ambos, como é natural, é muito bom ler ou reler estas histórias.

Este é um dos lançamentos do ano.