Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Estante

A Estante

A última livraria de Londres (2022)

24
Jan23

Design sem nome (20).png

Disfarçado de livro leve e talvez dedicado a um público maioritariamente feminino, no qual duas raparigas inglesas do campo chegam a Londres para trabalhar em armazéns de moda, divertirem-se e encontrarem o amor, A última livraria de Londres é mais uma prova de como a II Guerra Mundial é fonte inesgotável, no que a boas histórias diz respeito.

Sem ser baseada numa história verdadeira em concreto, conta como Grace, se muda para a casa de uma amiga da falecida mãe em busca de uma vida melhor e acaba por se apaixonar por livros, por uma certa livraria, por um certo homem e por ajudar todos os que a rodeiam.

Nova na cidade, conhecendo apenas a amiga de infância Viv e a Sra. Weatherford, arranja trabalha numa livraria, onde o dono, parece sentir que ela não lhe faz falta. Com um espírito empreendedor muito forte, Grace não tarda a conquista-lo e a conquistar uma legião crescente de clientes, após arrumar e organizar tudo ao seu jeito. Ao mesmo tempo, é também ela conquistada. Por George, que logo a deixa só para pilotar aviões da RAF e pelos livros, que ele lhe apresenta e que se tornam centrais na sua vida, sobretudo quando Viv também parte e a morte e o horror a cercam à medida que os alemães bombardeiam Londres, ferozmente.

Sem abandonar nada nem ninguém, Grace voluntaria-se para passar as noites a zelar para que todos vão para os abrigos e a fazer tudo o que pode para ajudar quem a rodeia, incluindo ler numa estação de metro e na livraria para um grupo cada vez maior de pessoas, escape da guerra através dos livros.

Perfeito diário dos dias de antecipação da Guerra e dos seus desafios, como o racionamento ou preparação das casas e do forte e determinado espírito daqueles que tentaram fazer uma vida normal de dia, sendo bombardeados de noite.